O significado da oração conhecida como "Oração do Senhor".

Falando sobre a oração do Padre Nosso é para falar de a oração modelo que Jesus Cristo nos deixou para nos dirigirmos a Deus. É provavelmente a oração mais conhecida e mais popular na comunidade. cristã. Ele está localizado em dois dos evangelhos de a Bíbliaespecificamente em Mateus 6:9-13 e Lucas 11:2-4. Jesus Cristo criou esta oração para servir de exemplo para ensinar aos Seus discípulos. como rezar.

É claro que este modelo de oração é o que agrada a Deus, pois em palavras puras, simples e com alma. Jesus manifestaram muitas coisas. Deve ser sempre dito do fundo do coração e assim poder manifestar tudo o que o nosso ser quer dizer. Orando podemos sentir o poder de Deus, Sua grandeza e, acima de tudo, podemos reconhecer de uma grande forma a profunda necessidade que temos de que Ele nos ajude e fortaleça. Reflitamos um pouco sobre o significado das palavras do Pai Nosso e aprendamos a orar seguindo o exemplo perfeito que nos foi dado por Jesus.

Significado da oração conhecida como "Oração do Senhor" 1

Temos de reconhecer Deus

A frase "Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome" dá-nos a entender que aquele a quem nos dirigimos não é outro senão o ser supremo chamado Deus que habita nas alturas celestiais. Como nosso Pai, somos seus filhos, somos parte da sua família Ele nos ouve e temos o privilégio de falar com Ele a qualquer hora do dia.

Para nos dirigirmos a Deus, devemos fazê-lo sempre com respeito e numa atitude de humildade e louvor, dando-lhe sempre o lugar que ele merece. Convencidos disso, rezamos a Deus, chamando-o pelo nome, para que ele olhe para nós.

Nós submetemo-nos à sua vontade

Cada lugar onde Deus está será um lugar cheio de luz e tranquilidade, as coisas serão muito melhores do que podemos imaginar. Que o seu reino venha até nós é um excelente sinal de benefícios para todos porque Deus sabe definitivamente o que é bom para todos nós a cada momento. Com esta frase "Venha a nós, Senhor, seja feito segundo a Tua vontade", expressamos a confiança que sentimos por Ele, reconhecendo que o Seu reino e a Sua vontade serão sempre bons para nós.

Precisamos de sustento diário

"Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia..." uma frase conhecida e icónica que todos nós conhecemos. Não há ninguém que conheça melhor os nossos desafios diários do que Deus. Ele sabe de antemão o que precisamos, Ele é aquele que supre as nossas necessidades diárias e nos dá força e coragem para continuar a lutar. Ao rezar, devemos sempre pedir o pão nosso de cada dia, para nos ajudar nas nossas necessidades específicas. Nossas petições não devem incluir luxos ou coisas vãs e também devem incluir nossos irmãos e irmãs em todas as partes do mundo, para que não lhes falte pão. Uma petição sincera deve incluir o nosso desejo de que possamos ter comida e abrigo e que possamos estar gratos por isso.

Nunca esqueçamos que nossa fonte de suprimento vem de Deus e devemos ser gratos por tudo o que Ele provê. É por isso que, para dar o obrigado por ter a saúde para trabalhar e a força para ganhar o nosso sustento nunca deveria faltar. Absolutamente tudo o que temos veio directamente por causa do graça de Deus e devíamos estar gratos e humildes por isso.

Nós pedimos perdão por todas as nossas falhas

Quando dizemos "perdoa-nos as nossas dívidas, como também perdoamos aos nossos devedores", é porque chegou a hora de mostrarmos o nosso coração, reconhecimento dos nossos erros e pedir a Deus por perdão. Só o Deus do universo é capaz de nos perdoar se O buscarmos sinceramente. Ele volta a remendar os nossos corações e dá-nos a oportunidade de recomeçar.

Da mesma forma, cabe-nos então examinar-nos a nós próprios e assim determinar qual tem sido a nossa propensão para desculpe aqueles que nos ofenderam. O mesmo tratamento que Deus nos deu ao perdoar-nos deve ser o mesmo ao perdoar aqueles que nos têm ofendido. Isso se chama justiça, pois se perdoarmos aos outros suas ofensas, nosso Pai Celestial também nos perdoará a nós. Se, por outro lado, não perdoarmos aos outros as suas ofensas, o nosso Pai Celestial também não nos perdoará as nossas ofensas.

Pedimos a sua ajuda em todos os momentos

A nossa fraqueza humana pode fazer-nos cair se formos fracos num momento de tentação. Mas Deus não nos deixará para trás na nossa luta contra o mal, se estivermos determinados a enfrentá-lo. Reconheçamos sempre que Ele é mais poderoso do que o maligno e que a Sua força nos ajudará a resistir à tentação. Lembremo-nos que se usarmos o armadura A verdadeira proteção de Deus contra as artimanhas do inimigo. Deus luta em nosso favor e, se confiarmos Nele, teremos a vitória final.

É por isso que quando dizemos "não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal" devemos estar dispostos a confiar na sua ajuda, acreditando que ele pode realmente vencer o mal para nos ajudar a estar bem.

Absolutamente, todas as nossas orações devem ser sempre feitas para a glória e honra de Deus, pois em última análise a Ele pertencem o reino e o poder e a glória para sempre. Nunca poderemos derrotar o maligno sozinhos, nunca poderemos obter o reino, o poder e a glória. perdão dos nossos pecados sozinho, nem vamos obter o bênçãos só do céu, mas tudo virá de Deus, das suas mãos. Literalmente as nossas vidas estão nas suas mãos e é apenas pela sua graça que somos sustentados e avançamos.

Nunca nos afastamos do Senhor porque precisamos dEle, nunca deixemos de louvar o Seu santo nome, e sempre nos dirigimos em oração a Ele para lhe expressarmos o nosso gratidão e todas as nossas necessidades humanas. Nunca poderíamos estar mais gratos por investir tempo tão valioso para falar com Deus, endireitar os nossos caminhos e fazer a nossa parte para nos purificarmos do pecado e seguir em frente. Em suma, os beneficiários mais directos das ricas bênçãos a serem percebidas pelos oração a Deus Seremos nós e estes virão quando pusermos em prática a oração como o próprio Jesus Cristo ensinou e instituiu.

Este website utiliza cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de utilizador. Se continuar a navegar, está a dar o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e para a aceitação dos nossos política de cookies

ACEITO
Aviso de Bolacha
pt_PT