O que é ser um ateu?

A posi√ß√£o de todas aquelas pessoas que n√£o compartilham a ideologia de para acreditar que existe um DeusO te√≠smo, n√£o acreditar no poder da divindade ou entidade sobrenatural, √© conhecido como ate√≠smo. O te√≠smo, a doutrina oposta ao ate√≠smo, sustenta a exist√™ncia de um Deus divino. √Č origin√°rio do latim "athńēus" que vem do grego, derivado do significado do prefixo "a": sem, o substantivo "theos", que se traduz como "Deus" e o sufixo "-ismo relacionado √† tend√™ncia".

ateu

O que é o ateísmo?

Apoiadores do ate√≠smo empregam v√°rios argumentos para questionar a realidade de que existe um Deus. Por um lado, questionam a evid√™ncia emp√≠rica da sua exist√™ncia, por outro, apontam as contradi√ß√Ķes da sua natureza onipotente e benevolente, segundo as quais Deus n√£o deve permitir que o mal e o sofrimento existam no mundo, bem como o argumento inconsistente e contradit√≥rio das revela√ß√Ķes nas v√°rias religi√Ķes do mundo.

Tende a ser confundido com agnosticismoA tendência que não rejeita a possibilidade da existência de um Deus, para eles o divino está além da compreensão humana e, portanto, podem não ter consciência da sua existência.

Dentro do ate√≠smo h√° v√°rias tend√™ncias. Ate√≠smo forte ou positivo, que rejeita a exist√™ncia do poder da divindade e mant√©m explica√ß√Ķes de v√°rios tipos para justificar tal afirma√ß√£o, e ate√≠smo negativo, que tende a ser confundido com agnosticismo, afirmam que n√£o acreditam Nele e que a raz√£o da exist√™ncia n√£o pode ser aplicada a algo imposs√≠vel de provar.

Por outro lado, o oposto do ateísmo é o ateísmo, que é o crença em Deus O teísmo é canalizado e dogmatizado por uma doutrina religiosa particular.

O ateísmo é uma religião?

O ate√≠smo n√£o √© considerada uma religi√£o. N√£o h√° escrituras sagradas ate√≠stas, nem papa ateu, nem rituais ateus, dogmas, credos, c√≥digos, autoridade ou cerim√≥nias. Os ateus v√™m de todas as origens, ra√ßas e g√©neros poss√≠veis. Eles t√™m uma variedade de cren√ßas e convic√ß√Ķes, e n√£o h√° dois ateus que tenham exatamente os mesmos pontos de vista ou ideais em rela√ß√£o √† sua falta de cren√ßa em outros deuses. Os ateus podem discordar em muitas quest√Ķes.

Tipos de Ateísmo

Geralmente, as pessoas nascem com uma crença ou tendência, mas ao longo dos anos podem perder essa crença ou tendência. fé. Este é provavelmente o caso da maioria dos indivíduos que se dizem ateus, e é por isso que diferentes tipos de crenças podem ser encontradas dentro do ateísmo, entre elas:

Ateísmo intelectual: Ele é aquele que através do conhecimento e do intelecto procura argumentos para argumentar que existe um Deus. São geralmente pessoas que estudam e se educam por meios científicos e intelectuais.

Ate√≠smo activista: √Č uma doutrina que se sente comprometida com o mundo para demonstrar que n√£o existe Deus, focalizando os direitos humanos, sexuais e at√© mesmo animais como um meio de fazer o ponto sobre a inadequa√ß√£o da religi√£o.

Anti-Deus ou Anti-Teísta: Um tipo de ateísmo que não quer acreditar em Deus e não quer acreditar em Deus, por isso é que são radicais quando falam de religião, porque a consideram um mal para a humanidade.

Não-teístas: Ele é um ateu que nunca foi informado sobre Deus, fé, religião e está confortável com ela. As pessoas com esta doutrina são indiferentes a este tipo de pensamento.

Buscador agn√≥stico√Č uma cren√ßa que reconhece a presen√ßa de um deus e a limita√ß√£o humana para provar isso. Portanto, eles permanecem neutros.

Protocolo agn√≥stico:¬†S√£o aqueles que seguem os costumes tradicionais de certas religi√Ķes, embora para eles Deus n√£o exista, eles n√£o est√£o totalmente comprometidos com o poder da divindade.

Causas do Ateísmo

Há vários argumentos a favor do ateísmo, entre os quais podemos citar:

  • Aus√™ncia de evid√™ncia emp√≠rica, ou seja, a aus√™ncia de prova cient√≠fica de que o poder da divindade existe.
  • O problema do mal, ou seja, a exist√™ncia do mal e do sofrimento, que √© dif√≠cil de conciliar com a cren√ßa de que existe um deus protetor onisciente, todo-poderoso e todo-bom.
  • O argumento das revela√ß√Ķes inconscientes, tamb√©m chamado "o problema de evitar o inferno errado".
  • Argumento de oculta√ß√£o divina, cuja premissa √© que se uma ou mais divindades existissem, teriam criado uma situa√ß√£o razo√°vel para se manifestarem √† humanidade, mas n√£o o fizeram, permitindo assim a d√ļvida sobre a sua exist√™ncia.

Principais Características do Ateísmo

Para os crentes, compreender o ateísmo como dogma é muito complexo. Portanto, as características que a definem como doutrina incluem:

  • Eles enunciam a inexist√™ncia de Deus, n√£o h√° divindade ou for√ßa sobrenatural para guiar ou proteger as a√ß√Ķes humanas. Para outros, a f√© n√£o √© prova suficiente da presen√ßa de uma divindade.
  • A sua base filos√≥fica √© o materialismo, caracterizado pela exist√™ncia √ļnica da mat√©ria. Para este pensamento, o universo f√≠sico e suas propriedades s√£o tudo o que existe, portanto, um esp√≠rito, ou uma for√ßa imaterial, n√£o tem lugar. A cren√ßa de um ateu √© precedida pela evid√™ncia, n√£o pela f√©.
  • Eles levam um estilo de vida particular, eles encorajam amor em si mesmos e nos outros, em vez de para um deus. Eles se esfor√ßam para alcan√ßar a felicidade sendo ouvidos e para defender os direitos humanos, a fim de desfrutar de uma sociedade melhor. Eles tamb√©m defendem a ideologia de encontrar a for√ßa interior para encontrar a vida e aproveit√°-la ao m√°ximo.
  • Eles defendem a liberdade de consci√™ncia, uma atitude de mente que promove uma forma livre de pensar que estimula o conhecimento. √Č uma cren√ßa que v√™ o homem como a figura ideal para progredir e desenvolver qualidades que fomentam um mundo melhor.

Deus existe?

Sim, ele se revela para n√≥s de v√°rias formas e podemos ter a convic√ß√£o de que ele existe. Cabe a n√≥s decidir se acreditamos nele, se o aceitamos ou se o ignoramos. Algumas das formas pelas quais Deus se revela a n√≥s est√£o na natureza, a B√≠blia, Jesusoutras pessoas, circunst√Ęncias e o sussurro de sua voz gentil em nossos cora√ß√Ķes.

Na natureza, percebemos tudo à nossa volta, vendo a ordem, a beleza e a imensidão de tudo o que nos rodeia, basta reconhecer que não é possível que tudo tenha surgido por acaso.

"Os céus declaram a glória de Deus, o firmamento proclama a obra de suas mãos.

(Salmo 19:1)

A B√≠blia, atrav√©s da palavra de Deus, revela-nos o cora√ß√£o do Padre e sua vontade para cada um de n√≥s, e √© atrav√©s da leitura que podemos aprender sobre os aspectos mais importantes de nossas vidas, transformando assim nossos cora√ß√Ķes e nossas vidas.

"A palavra de Deus √© viva e poderosa e mais afiada do que qualquer espada de dois gumes. Ela penetra at√© as profundezas da alma e do esp√≠rito, at√© a medula dos ossos, e julga os pensamentos e inten√ß√Ķes do cora√ß√£o". (Hebreus 4:12)

Através de Jesus, é em Jesus que temos a maior revelação de Deus para a humanidade. Jesus é Deus encarnado que veio ao mundo para que através do seu sacrifício possamos receber a salvação e o desculpe dos nossos pecados.

"Ninguém jamais viu Deus; o Filho unigénito, que é Deus e que vive em íntima união com o Pai, fez-nos conhecê-lo". (João 1:18)

Em conclusão, a filosofia que não aceita que a divindade existe por falta de provas é conhecida como ateísmo. A ideologia de que, para que algo seja real, deve haver uma prova disso é uma forma difundida de pensar que, como o pensamento religioso, deve ser respeitado.

Este website utiliza cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de utilizador. Se continuar a navegar, está a dar o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e para a aceitação dos nossos política de cookies

ACEITO
Aviso de Bolacha
pt_PT