O amor autêntico: o que é e onde encontrá-lo de acordo com os ensinamentos bíblicos

O amor genuíno é aquele que vem de DeusAquele que nos amou desinteressadamente antes de nós O amarmos, pois Ele nos amou antes de nos criar como Suas criaturas. Tão autêntica e verdadeira é a amor de Deus para a humanidade que ele enviou, fez o homem, para a sua Filho adorou ensinar-nos o caminho certo e ajudar-nos a desculpe os erros cometidos pelos homens, como indica João, o Evangelista (João 4:10). Tão profundo é o amor de Deus que ele concedeu aos humanos a plenitude do seu amor por nós. liberdade para ser amado ou não.

O amor autêntico: o que é e onde encontrá-lo de acordo com os ensinamentos bíblicos 1

Deus ensina-nos que só podemos falar de verdadeiro amor quando, além de amar as pessoas pelas quais sentimos algum afeto, somos capazes de amar todos aqueles que diferem da nossa maneira de pensar e agir, como aqueles que nos contradizem, insultam, ultrajam, denigrem e criticam em geral; nestes casos, como diz Matero (Mateus: 5: 44-45) O amor deve ser mostrado, rezando para que encontrem o verdadeiro caminho para o Criador.

Fundamentos do verdadeiro amor

Há uma crença errada de que o amor existe quando ele é recíproco. Isto quer dizer que deve haver um feedback entre o doador do amor e o receptor do amor, para que o receptor se torne o doador do amor ao doador do amor; isto dá ao amor um aspecto sentimental.

O verdadeiro amor é baseado em doar-se a outro sem esperar nada em troca. Assim, os textos bíblicos afirmam que o amor só pode ser baseado na verdade, sinceridade e doação de si mesmo.

Para que exista amor verdadeiro, amargura, ressentimento, raiva e invejaIsto permite-nos reconhecer que o amor real envolve um certo grau de sofrimento humano e de dificuldade em experimentá-lo e transmiti-lo, uma vez que requer desapego e doação de si mesmo.

O que é realmente o amor?

√Č considerado muito dif√≠cil definir o amor; contudo, isto √© verdade do ponto de vista humano, existem algumas defini√ß√Ķes positivas e algumas negativas, e pode-se chegar ao extremo de negar a exist√™ncia do amor. Este √ļltimo √© incompreens√≠vel porque nega a exist√™ncia de Deus.

A B√≠blia ensina-nos que Deus √© amor. (Jo√£o 4:8)O verdadeiro amor, portanto, pode ser definido por toda a bondade e caracter√≠sticas que sabemos que Deus possui. Em poucas palavras e de forma limitada, pode-se dizer que o amor √© doa√ß√£o, bondade, paci√™ncia, sabedoria, compreens√£o, desapego, solidariedade e confian√ßa, entre in√ļmeras outras caracter√≠sticas.

O verdadeiro amor √© um compromisso consciente e volunt√°rio de doa√ß√£o, independente de emo√ß√Ķes e sentimentos, n√£o buscando benef√≠cio pr√≥prio e n√£o esperando nada em troca, exceto a proximidade com o Criador.

Onde encontrar o verdadeiro amor?

O verdadeiro amor √© encontrado √† nossa volta, no nosso pr√≥prio ambiente; por outras palavras, encontra-se no nosso pr√≥ximo. As manifesta√ß√Ķes de amor para com o pr√≥ximo permitem-nos encontrar o verdadeiro amor, porque atrav√©s desse amor amamos aquele que nos deu a vida.

√Č inconceb√≠vel dizer que se ama a Deus, mas se odeia outra pessoa; pois n√£o √© poss√≠vel am√°-lo desprezando uma criatura criada por Ele. Deus nos exorta a am√°-Lo e a amar o nosso pr√≥ximo. Da√≠ decorre que quem ama a Deus, consequentemente tamb√©m ama o seu semelhante.

O amor autêntico se encontra dentro de cada pessoa, tendo a firme convicção e a vontade de compreender os outros para compreender o comportamento de cada um, sem justificá-lo se o seu comportamento estiver errado; pelo contrário, todo amor possível se expressa rezando a Deus por essa pessoa.

Express√Ķes de amor verdadeiro

O amor autêntico pode se manifestar quando sentimos interiormente o amor de Deus. Isto permite a todos os bênçãos que Ele nos dá são passados para aqueles que partilham as nossas vidas, pois se não tivermos amor não o podemos dar.

Uma vez que nossos cora√ß√Ķes est√£o abertos a Deus e permitimos que Ele nos inunde de amor, nosso car√°ter √© mudado e com isso melhoramos positivamente os comportamentos interpessoais.

Quando permitimos que Deus nos ame, nós recebemos perdão Isto permite-nos aprender a perdoar as falhas do nosso próximo e a demonstrar o nosso amor por ele, apesar de quaisquer falhas humanas que ele possa ter.

A express√£o √ļltima do verdadeiro amor foi a presen√ßa de Jesus Cristo na terra, pois atrav√©s de Seus sofrimentos e ressurrei√ß√£o Ele exerceu o perd√£o e remiss√£o dos pecados da humanidade para nos oferecer o gozo de uma eternidade ao Seu lado. Ele fez isso por amor, sem ter recebido ou esperado nada em troca.

Realidades do amor humano

Entre os seres humanos, √© dado por garantido que quando falamos de amor, queremos dizer amor rom√Ęntico. Deve-se entender que esta √© apenas uma das manifesta√ß√Ķes de amor existentes na humanidade. Entre outros, h√° o importante amor filial, a amizade e o amor ao trabalho.

O amor humano deve ser alcan√ßado sem necessidade pr√©via, premedita√ß√£o ou condi√ß√Ķes de depend√™ncia; para isso √© necess√°rio que cada pessoa se valorize sinceramente e esteja consciente de que, para amar o outro, deve primeiro amar a si mesma. Todo amor verdadeiro se baseia no que √© dado e n√£o no que √© recebido, assim como na confian√ßa, liberdade, respeito e desenvolvimento emocional de cada pessoa.

No caso do amor rom√Ęntico √© importante lutar por objetivos comuns, bem pensados e vi√°veis, sem estabelecer condi√ß√Ķes unilaterais de supremacia; a esse respeito, nunca se deve permitir que se d√™em sinais de maus tratos, enganos ou manipula√ß√£o dos valores espirituais. Todas estas caracter√≠sticas s√£o sempre vulner√°veis se n√£o forem reconhecidas, o que d√° ao amor humano a fraqueza de ser finito, como ilus√Ķes e compromissos com o qual come√ßou.

Isto marca a grande diferen√ßa entre o amor verdadeiro e o amor humano. Este √ļltimo, embora considerado verdadeiro, sofre de imperfei√ß√Ķes humanas e, com os erros que s√£o cometidos, tende a n√£o durar com o tempo. Enquanto o verdadeiro amor, estabelecido entre o homem e o Criador, se for bem alimentado pelo homem, cresce cada dia mais forte, porque o amor de Deus √© infinito.

Este website utiliza cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de utilizador. Se continuar a navegar, está a dar o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e para a aceitação dos nossos política de cookies

ACEITO
Aviso de Bolacha
pt_PT