Detalhes da crucificação de Cristo

A paixão e morte de Jesus Cristo é um dos acontecimentos históricos mais importantes da história da humanidade, mas isto vai além de ser uma narração de um acontecimento particular, pois o sofrimento e morte de Jesus Cristo é um dos acontecimentos mais importantes da história da humanidade. Jesus não só representa o início do cristianismo e a essência de toda a teologia cristã que inclui as doutrinas de salvação e expiação pelos nossos pecadosA Bíblia não é sobre o fato de que Jesus viveu e sofreu tudo isso por nós, mas o reconhecimento como crentes de que Jesus viveu e sofreu tudo isso por nós, a fim de nos fazer salvos para que pudéssemos alcançar a vida eterna.

Detalhes da crucificação de Cristo 1

O paix√£o de Cristo √© descrito no Novo Testamento de a B√≠bliaEstes acontecimentos tiveram lugar na prov√≠ncia da Jud√©ia, durante a P√°scoa judaica (P√°scoa), e descrevem a pris√£o de Jesus, seu julgamento pelo Sin√©drio e a senten√ßa de morte do governador P√īncio Pilatos. A Paix√£o de Jesus Cristo mostra-nos o terr√≠vel sofrimento a que Jesus Cristo foi submetido e a sua crucifica√ß√£o, mas mais importante √© o significado que, como crentes, isto tem.

O paixão, morte e ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo nos mostra que Ele não era um ser humano comum, mas que Ele é Deus encarnado e que Ele veio ao mundo para redimir a humanidade, para nos salvar dos nossos pecados e para vencer a morte pela Sua ressurreição.

Ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo é o pilar fundamental de toda a crença cristã, e a evangelhos não teria significado ou sustento, pois sem essa promessa não teríamos esperança ou fé de que poderíamos estar diante de Deus e alcançar perdão das nossas faltas para termos vida eterna através de Cristo.

Mas para além do que o Sagradas Escrituras Quando descrevemos a Paixão e Crucificação de Cristo, muitas vezes perdemos detalhes bonitos que mostram que Jesus de Nazaré é o Messias prometido por Deus e pelos profetas para nos mostrar o caminho da verdade e da justiça, assim como da vida eterna.

No momento de sua morte Jesus Cristo nos ensinou o perdão e a compaixão através do ato de desculpe aqueles que O crucificaram. Também com Sua vitória sobre a morte, Jesus nos ensina que através dEle viveremos novamente e desfrutaremos da vida eterna.

Há também outros detalhes ou sinais que demonstram que Jesus é o Filho de Deus encarnado, alguns dos quais são descritos a seguir:

  1. No momento da morte de Jesus, o dia estava escuro.

Os evangelistas Mateus e Lucas descrevem que ao meio dia o sol desapareceu e ficou escuro por v√°rias horas (Mateus 27:45; Lucas 23:44-45).

  1. O véu do templo foi rasgado

"Então Jesus gritou de novo com um forte grito, e desistiu do seu espírito. Naquele momento, a cortina do santuário do templo foi rasgada em dois, de cima para baixo" (Mateus 27:50-51a).

O véu do Templo era uma cortina grossa que separava o Santo Lugar do Santo dos Santos, onde habitava a presença de Deus na terra e ao qual só o Sumo Sacerdote tinha acesso. Na morte de Jesus, a cortina é rasgada e este fato simboliza que depois do sacrifício do filho de Deus, todos nós temos acesso à presença de nosso Senhor. Padre e ao perdão dos nossos pecados. Jesus é o cordeiro de Deus que tira os pecados do mundo, sendo o Seu sacrifício a oferta infinita para nos redimir como pecadores. Não há mais necessidade de sacrificar cordeiros, pois com o sangue de Jesus o pecado através do seu sacrifício.

  1. A terra tremeu

São Mateus (Mateus 27:51b) descreve que na morte de Jesus a terra tremeu tanto que rochas se quebraram, outro sinal da santidade de Jesus Cristo que até mesmo a natureza reagiu à sua morte.

  1. Os t√ļmulos foram abertos e a ressurrei√ß√£o dos santos teve lugar.

Por causa do forte terremoto, os t√ļmulos foram abertos e muitas pessoas que estavam mortas foram ressuscitadas, segundo a B√≠blia eram pessoas santas que amaram e serviram a Deus e tiveram outra chance de viver na terra para testemunhar o grande e infinito poder de Deus. amor de Deus (Mateus 27:52-53).

  1. Transformação do centurião e de outros ali presentes

Com a morte de Jesus e a verdadeira compreens√£o do Seu infinito amor por n√≥s atrav√©s do Seu sacrif√≠cio podemos mudar e transformar as nossas vidas e os nossos cora√ß√Ķes, tornando-nos mais compassivos, sentindo paz e paz de esp√≠rito. verdadeiro amor em n√≥s. Um exemplo disso √© o que aconteceu com o centuri√£o que n√£o conseguiu resistir ao amor de Cristo e louvou a Deus dizendo:

"Verdadeiramente este homem era justo. Ent√£o aqueles que se tinham reunido para ver a vista se afastaram dali, batendo em seus seios" (Lucas 23:46-48).

Quem conhece a Deus e compreende o Seu amor infinito nunca mais poderá ser o mesmo; Cristo crucificado nos purificou de todo pecado e nos ensina a viver no amor ao próximo e a aceitar que somos todos irmãos e irmãs sem distinção de qualquer tipo.

O morte e crucifica√ß√£o de Jesus nos ensinou que Jesus Cristo √© o √ļnico filho de Deus, que quem cr√™ nEle est√° unido ao Pai e salvo do pecado; que as Sagradas Escrituras s√£o verdadeiras e que a obra de Jesus continua na terra atrav√©s da Esp√≠rito Santo dando-nos for√ßa, esperan√ßa, f√© e convic√ß√£o para vivermos sob o amor e os preceitos de Deus, dando-nos for√ßa, esperan√ßa, f√© e convic√ß√£o para vivermos sob o amor e os preceitos de Deus, dando-nos a esperan√ßa vivo.

Este website utiliza cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de utilizador. Se continuar a navegar, está a dar o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e para a aceitação dos nossos política de cookies

ACEITO
Aviso de Bolacha
pt_PT