Como Jesus reza e intercede por nós

√Č costume pensar que o Ora√ß√£o √© feito quando estamos a precisar da ajuda de Deus. Quando surge alguma dificuldade, os crentes pensam imediatamente em Deus e dirigem-lhe um apelo especial, muitas vezes prometendo fazer um sacrif√≠cio como penhor em troca do benef√≠cio que desejam receber. Isto √© v√°lido at√© certo ponto, pois quando uma pessoa se sente desprotegida ou em perigo, ela sempre se volta para aquele em quem confia.

jesus reza por nós

Isto não é, no entanto, o fim do OraçãoIsto deve ser feito diariamente e em todos os momentos possíveis e deve ser feito para glorificar a Deus, para abençoá-lo e louvá-lo e para agradecê-lo por tudo o que Ele provê para nós, mesmo que pensemos que não é bom do ponto de vista humano.

A Oração feita por Jesus

Jesus reconheceu que o mais significativo e importante √© que, atrav√©s Ora√ß√£opara dar gl√≥ria ao Senhor e reconhecimento como Ser Supremo e Todo-PoderosoDele, de quem dependem todas as a√ß√Ķes e a√ß√Ķes do ser humano, oferecendo-lhe, atrav√©s da ora√ß√£o, a perspectiva de alcan√ßar a vida eterna.

Com a autoridade dada por Deus Padre a Deus Filho, Jesus pode oferecer √† humanidade o principal benef√≠cio de sua paix√£o e crucifica√ß√£oA √ļnica maneira de alcan√ßar isso √© desfrutar a eternidade junto com eles como a Trindade Divina. Infelizmente, por√©m, nem todos poder√£o obter esse feito, mas apenas aqueles que conhecem a Deus e reconhecem a Deus Pai e a Deus Filho como o verdadeiro Deus. Isto est√° claramente afirmado em Jo√£o 17: 3 que diz:

"Isto significa vida eterna: que eles venham a conhecer-te, o √ļnico Deus verdadeiro, e aquele que tu enviaste, Jesus Cristo.".

Como é que Jesus rezou?

Todos os Evangelistas se referem de forma semelhante √† import√Ęncia que Jesus atribuiu √† pr√°tica da Ora√ß√£o. Ele tentou orar em todos os momentos; isto √©, nunca se separou de Deus Pai; pelo contr√°rio, cada circunst√Ęncia lhe deu uma oportunidade e ele aproveitou-a para conversar com seu Pai.

Os Evangelistas mencionam que no início do dia ele imediatamente estabeleceu comunicação com Deus Pai e a partir daí implorou continuamente o poder de Deus e pediu a sua presença para vir em seu auxílio.

Jesus √†s vezes se isolava e orava em solid√£o (Marca 1: 35), mas ele tamb√©m o fazia frequentemente quando estava acompanhado pelos seus disc√≠pulos (Jo√£o 11: 41-42) ou na presen√ßa das multid√Ķes que o escutavam e o seguiam.

Jesus rezou como um costume antes de receber comida (Lucas 24:30), tal como fez depois de executar um cura espiritual ou físico (Lucas 5: 12-16).

Tudo isso demonstra o importante significado que a oração tinha para Jesus, do qual podemos perceber que se para Ele, sendo o próprio Deus, a oração era uma prioridade, tanto mais deveria ser para nós, que somos espiritualmente fracos por causa da nossa condição humana.

Estruturando a Oração de Jesus

O Ora√ß√Ķes apresentadas pelo Filho de Deus pode ser diferenciada em tr√™s categorias, de acordo com suas inten√ß√Ķes: veio rezar por si mesmo, especialmente quando estava perto do fim de sua vida na terra (Jo√£o 17: 1-5); orou pelos seus disc√≠pulos para que eles pudessem cumprir devidamente a sua miss√£o evangelizadora (Jo√£o 17: 6-9); e orou por toda a humanidade que acreditou e tem acreditado na mensagem da Palavra de Deus transmitida pelos seus disc√≠pulos (Jo√£o 17: 20-25).

Jesus reza por Ele

Logicamente Jesus deve ter orado com seu Pai durante toda sua vida terrena; no entanto, suas conversas com Deus Pai nos √ļltimos tempos antes de sua paix√£o e morte s√£o referidas com maior import√Ęncia. A certa altura Jesus estava falando aos seus disc√≠pulos sobre os tempos inevit√°veis que estavam prestes a acontecer e depois fala directamente ao seu Pai.

Ele então orou ao Criador, consciente de que a hora de sua morte se aproximava, pedindo-lhe que O glorificasse como Filho, para que O glorificasse como Pai e assim concedesse a vida eterna a todos os que acreditassem Nele. Naquele tempo Ele também expressou que mesmo depois da dor de Sua crucificação Ele sentiria a graça da obra salvadora que Ele tinha feito pela humanidade e que uma vez ressuscitado Ele estaria mais uma vez na presença de Deus.

Oração para os discípulos

Jesus pede a Deus protecção divina para os seus discípulos, que acreditaram em tudo o que lhes ensinou, obedecendo-lhe segundo as suas palavras, e pede especialmente que eles permaneçam unidos em féEle estava consciente dos tempos difíceis que se avizinhavam, tanto espiritualmente como espiritualmente, quando o inimigo O mal os atacaria para tentar dificultar a obra de Deus, como no aspecto material, pois seriam perseguidos e martirizados pelos não-crentes (João 17:6-19).

Os tempos de oração por Seus discípulos também servem para instruí-los, sob a bênção do Ser Supremo, sobre sua missão evangelística, sendo responsáveis por transmitir a Palavra de Deus quando Ele já havia retornado ao lado do Pai, e por continuar a tarefa para a qual eles haviam sido treinados.

Oração para acreditar na humanidade

Jesus pede ao Pai bênçãos e glória para todos aqueles que, com base na palavra evangelizadora, crêem nos ensinamentos transmitidos pelos seus discípulos. Ele pede que, através da sua unidade, a humanidade venha a reconhecer que Jesus é aquele enviado por Deus para dar a conhecer a sua palavra, para transmitir o poder inestimável do seu amor e misericórdia, dando-lhes as ferramentas para alcançar a vida eterna.

Ore especialmente por todos aqueles que vêm colocar sua fé em Jesus através das mensagens de seus discípulos, a fim de promover a unidade entre as pessoas e entre as pessoas e Deus.João 17: 20-21), como é a união de Deus Filho com Deus Pai, que, embora sejam Pessoas distintas, constituem com Deus Filho e Deus Pai. Espírito Santo uma Unidade agindo como tal.

A oração de Jesus pela sua glorificação

Jesus fala com seu Pai salientando que cumpriu a sua missão (João 17: 6), dando a conhecer a existência de Deus e Seu nome, ensinando aos Seus discípulos as qualidades de Deus, o que os ajudaria a tratar a humanidade para que também eles se tornassem participantes das bênçãos de Deus.

Sabendo que o seu tempo na Terra estava prestes a terminar, Jesus diz que, tendo terminado o seu serviço, glorificou o Senhor e implora-lhe que, por sua vez, o glorifique como Deus Filho, pedindo-lhe que o ressuscite para que possa gozar da alegria que tinha tido desde a criação com Deus Pai.João 17: 4-5).

O ensinamento da Oração de Jesus

Jesus orou de acordo com a vontade de Deus, pedindo que todas as pessoas a ele confiadas estivessem com ele na eternidade e pudessem experimentar a sua glória (João 17: 24).

O Oração de JesusO Evangelho de João, sabiamente referido no capítulo 17 do Evangelho de João, ensina-nos que devemos rezar segundo a vontade de Deus, que não é outra senão a de nos dar a nossa santificação; orando assim Ele nos ouvirá, aumentando a nossa fé para glorificá-lo e louvá-lo sempre.

Este website utiliza cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de utilizador. Se continuar a navegar, está a dar o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e para a aceitação dos nossos política de cookies

ACEITO
Aviso de Bolacha
pt_PT